Publicado em Deixe um comentário

BDSM

BDSM

BDSM é um acrônimo que mistura as iniciais de práticas eróticas: BD = Bondage e Disciplina; DS = Dominação e Submissão; SM = Sadismo e Masoquismo. Embora o BDSM ainda seja visto por alguns como um ato violento e abusivo, as regras que o norteiam foram criadas justamente para evitar relacionamentos abusivos. Assim o BDSM é um conjunto de práticas eróticas fundamentado em respeito, confiança, consentimento e na busca do prazer mútuo.

O SSC ( São, Seguro e Consensual) é o fundamento do BDSM. SÃO: os praticantes não devem estar sob influência de álcool ou drogas. SEGURO: toda atividade deve ser segura, tanto fisicamente quanto psicologicamente, é neste contexto que existe a palavra de segurança que deve ser dita caso algum limite seja ultrapassado ou haja algum desconforto. CONSENSUAL: todas as partes precisam estar de acordo com o que está acontecendo, definindo previamente os limites de cada um. Agora vamos ver o que significa cada termo do BDSM:

BONDAGE refere-se à prática de restringir os movimentos ou sentidos de alguém usando por exemplo algemas, amarras ou venda. DISCIPLINA refere-se ao cumprimento pelo submisso das regras e normas estabelecidas pelo dominador, em que castigos podem ser aplicados quando as regras são violadas.

DOMINAÇÂO e SUBMISSÃO referem-se aos papéis dos participantes, existe alguém que domina (dominador) e alguém dominado (submisso). Trata-se de um conjunto de comportamentos e rituais que envolvem a submissão de uma pessoa à outra em um contexto erótico.

SADISMO refere-se ao prazer sentido ao estimular ou ver o sofrimento do parceiro. MASOQUISMO refere-se ao prazer sentido ao ser ferido ou humilhado dentro deste cenário consensual.

Se você deseja tornar-se uma praticante do BDSM, é preciso estudar bastante, afinal, é uma prática bastante complexa e repleta de protocolos que devem ser seguidos visando o bem estar dos envolvidos. Mas mesmo não sendo uma praticante, você pode aproveitar muito algumas práticas do BDSM, algemando ou sendo algemada, dando umas mordidinhas ou levando uns puxões de cabelo. Lembre-se que quando você e seu parceiro estão de acordo e curtindo juntos, não existe certo ou errado, muito menos julgamentos.

Julgue menos e aproveite mais! Clique aqui e encontre acessórios incríveis!

Publicado em Deixe um comentário

Você sabe o que é e para que serve o adstringente íntimo?

O que é e para que serve o adstringente íntimo?

O adstringente íntimo é um cosmético que tem como função retrair o tecido muscular e diminuir a umidade natural da mucosa vaginal, promovendo uma SENSAÇÃO de estreitamento da entrada da vagina e do canal vaginal, fazendo com que a mulher e o homem sintam um atrito maior durante a penetração. O fetiche pela SENSAÇÃO de se sentir virgem novamente faz deste produto um dos queridinhos do mercado de cosméticos sensuais.

3 fatos importantes que você precisa saber sobre os adstringentes íntimos:

1 – Como o adstringente diminui a umidade natural da mucosa vaginal, este tipo de cosmético não é indicado para mulheres que estejam com dificuldades de lubrificação.

2 – Este produto é indicado para aumentar o prazer sentido pelo casal e não apenas pelo homem, e para isto é importante que a penetração inicial seja mais suave. Lembre-se que a entrada da vagina estará mais contraída e uma penetração muito brusca poderá causar desconforto.

3 – A SENSAÇÃO de virgindade que este tipo de produto promete se refere à retração da musculatura, fazendo com que a entrada da vagina pareça mais “apertadinha”. É apenas uma SENSAÇÃO ok? Ninguém vai ficar virgem novamente!

Que tal conhecer nossas opções de adstringentes? Clique aqui e aproveite!

Publicado em Deixe um comentário

A origem dos vibradores

Fotos de modelos antigos de vibradores.

Hoje ele é um símbolo da liberdade, do autoconhecimento e do prazer em se sentir, mas o que você pode não saber é que ele foi criado como um equipamento médico, evoluiu, foi reinventado e hoje já é um produto com mais de 150 anos de história. Vem com a gente que nesse texto iremos te contar a história por trás dos vibradores.

A maior parte das informações que temos hoje diz que os vibradores foram criados para tratar uma doença crônica chamada de “histeria feminina” causada por “perturbações” uterinas. Os sintomas desta doença variavam de dores de cabeça, cólicas, melancolias, ansiedades, ninfomania e até ataques de raiva. O tratamento na época eram massagens nas partes intimas das pacientes, feitas manualmente por seus médicos. Essas massagens que poderiam durar minutos ou horas levavam as mulheres a alcançarem o chamado paroxismo histérico, que causava uma espécie de febre, contrações e lubrificação intima (orgasmo). Este tratamento era temporário o que gerava a volta recorrente das mulheres ao consultório, gerando rotinas exaustivas para os médicos.

Em 1869 um médico americano chamado George Taylor patenteou um aparelho chamado “The Manipulator” que pode ser considerado o primeiro vibrador (consistia em uma cama acolchoada onde podia-se encaixar a pélvis e uma máquina a vapor fazia vibrações sob os genitais). O aparelho se popularizou e em 1880 um outro médico, chamado Joseph Mortimer Granville, inventou o vibrador movido a manivela. Temos que ressaltar que neste período os vibradores eram um equipamento médico e usados apenas em consultórios. Com a crescente evolução do aparelho, em 1902 foi lançado o primeiro vibrador elétrico. Sem conotação sexual  durante muitos anos ele foi vendido como um simples massageador muscular e donas de casa recatadas o compravam em revistas femininas sob promessas do tipo “Todo o prazer da juventude dentro de você”. Os vibradores eram considerados eletrodomésticos e logo se tornaram um dos itens mais populares nas casas de família.

Mas em meados de 1930 o aparelho começou a aparecer em filmes eróticos para a estimulação feminina, levando ao conhecimento de todos o “uso obsceno” do aparelho, então ele caiu em desuso e com isso perdeu sua finalidade terapêutica, desaparecendo dos catálogos e das casas das “famílias de bem”.

Depois disso os vibradores ficaram escondidos até meados de 1960, mas com a revolução sexual e o surgimento da pílula anticoncepcional  foi levantada a bandeira da sexualidade feminina e a masturbação veio como um conceito de libertação, com isso os vibradores voltaram reinventados.

Na década de 70 o Magic Wand (popular Varinha Mágica) começa a ser recomendado por educadoras sexuais, passando assim a ser o vibrador mais popular e conhecido de todos os tempos. Nas décadas de 80 e 90 os vibradores começaram a ser comercializados em formas de golfinhos, castores, tartarugas para driblarem as leis de obscenidades. Foi em 1998 que o vibrador “Rabbit” (coelho) ganhou o status de queridinho após a aparição no seriado Sex in The City.

De lá pra cá a indústria se modernizou e hoje temos vibradores de diversas formas, materiais, cores, texturas e funções. Mas não podemos deixar de dizer que mesmo em 2020 para muitas mulheres comprar um vibrador é um TABU. Infelizmente a masturbação feminina ainda pode ser vista por alguns como sendo imoral, gerando culpa e desconforto em  muitas mulheres. Nós podemos e devemos ser responsáveis pelo nosso prazer e o autoconhecimento sexual é uma fonte inesgotável de possibilidades.

Bem, agora que você já conhece um pouco mais das origens desse toy que tanto amamos, que tal dá uma olhadinha nas versões super modernas que temos? Clique aqui para ver nosso vibradores!

Publicado em Deixe um comentário

Você sabe a diferença entre gozar, ejacular e ter um orgasmo?

No que diz respeito ao corpo feminino:

GOZAR é quando sentimos prazer durante a experiência sexual, ou seja, gozar se refere à uma perspectiva mais ampla da palavra prazer, podemos sentir prazer na relação sem necessariamente termos um orgasmo.

EJACULAR é quando nossas glândulas parauretrais (que ficam entre a vagina e a uretra) liberam uma enzima esbranquiçada ou transparente que auxilia na lubrificação e no resfriamento do nosso sistema fisiológico. A ejaculação pode ser prazerosa, mas não é sinônimo de orgasmo, nós podemos ejacular sem ter um orgasmo.

ORGASMO é quando sentimos um misto de sensações prazerosas que acontecem através da excitação genital, é quando passamos por um pico de prazer e em seguida por uma sensação de relaxamento.

Agora que você já sabe a diferença entre esses três processos fisiológicos, é importante você entender que se trata apenas de processos fisiológicos e não de metas a serem batidas. Ter um orgasmo é maravilhoso, mas gozar sem ter um orgasmo também pode ser muito bom, ejacular é ótimo, mas se tiver um orgasmo sem ejacular não tem problema. São processos fisiológicos que fazem parte do que somos. E como cada mulher é única, cada uma de nós passa por esses processos à sua maneira. Não existe uma forma melhor de gozar, nem uma quantidade certa para ejacular e tão pouco um orgasmo melhor que o outro. O que importa é você estar feliz e satisfeita com sua vida sexual!

Precisamos esquecer a ideia performática de sexualidade transmitida pelos filmes pornôs. Aquelas atrizes jorrando líquido, em sua maioria não estão ejaculando de verdade, são apenas bolinhas de água sendo estouradas na vagina, aqueles gritos intensos de prazer em geral não são orgasmos reais, são atuações que elas precisam fazer porque é o trabalho delas.

A mensagem que queremos passar é que a forma como você sente prazer é única e o importante é você estar satisfeita e não se deixar levar por comparações irreais.

#queiramais #mulheresreais #prazerfeminino #prazersexual

Publicado em Deixe um comentário

6 dicas para fazer um sexo oral incrível em sua mulher

6 dicas para fazer um sexo oral incrível na sua parceira.

A maioria das mulheres adora receber sexo oral e quando bem feito ele pode ser a estrela da noite! Então separamos 6 dicas para ajudar você a levar sua parceira à loucura:

CONVERSE: pergunte para sua parceira do que ela gosta, ao demonstrar seu interesse pelo prazer dela com certeza você já ganhará uns pontinhos e isso dará abertura para ela lhe dizer do que gosta. Nós, mulheres, consideramos isso muito importante, pois somos diferentes e a intensidade que para algumas é boa, para outras pode incomodar.

SEM PRESSA: cada mulher tem seu tempo, então algumas podem precisar de um pouco mais de tempo para chegar ao clímax. Aproveite para conhecer melhor sua parceira e explorar a região. Ir direto ao clitóris pode não ser a melhor opção, para muitas mulheres é necessário criar um clima para aumentar a excitação.

USE TODA A BOCA: não use apenas a língua, você tem seus lábios e pode por exemplo fazer sucção com a sua boca. Entenda que o que você vê em vídeos pornôs não corresponde à realidade, os atores utilizam só a língua para que a imagem do vídeo fique boa e é o trabalho daquelas atrizes fingirem que estão enlouquecendo de prazer.

CONTE COM A AJUDA DOS DEDOS: turbine essa experiência usando seus dedos também, você pode pressionar levemente o períneo ou introduzir o dedo no canal vaginal. Aproveite que a região íntima feminina é cheia de terminações nervosas e é um prato cheio quando falamos de prazer.

IMPORTE-SE: não ache que o sexo oral é uma simples preliminar, trate-o como a estrela da noite e não apenas como uma forma de excitar e lubrificar sua parceira. Então nada de pensar que é algo rápido necessário para passar para a próxima fase e ter o seu momento de prazer.

INOVE: quer oferecer ainda mais prazer à sua parceira? Saiba que existem cosméticos sensoriais como os géis beijáveis que além de dar um gostinho a mais na relação podem oferecer sensações incríveis como refrescar ou esquentar a região.

Agora é só por em prática essas dicas e proporcionar à sua parceira uma noite inesquecível!

Se tiver mais alguma dica bacana compartilha com a gente colocando nos comentários!

Não esqueça de conferir nossas opções de produtos beijáveis para tornar o momento ainda mais ardente, é só clicar aqui!

Se você gostou do conteúdo é só deixar seu e-mail que sempre que tivermos novas dicas enviaremos para você!

Publicado em Deixe um comentário

Sexo Anal. Se você gosta ou tem curiosidade sobre o assunto não perca estas 10 dicas.

10 dicas sobre sexo anal.

O sexo anal vem deixando de ser um tabu e despertando cada vez mais a curiosidade das mulheres. Que bom! Ninguém é obrigado a gostar ou querer fazer sexo anal, mas é triste uma mulher ter vontade de experimentar essa nova forma de prazer e não se permitir por medo, vergonha ou mesmo por preconceito. O ânus é uma zona erógena do corpo e tem terminações nervosas suficientes para lhe proporcionar muito prazer, por isso se for de sua vontade, aproveite!

A VONTADE TEM QUE SER SUA: só faça se você tiver vontade de fazer e nunca por pressão do seu parceiro. Para ser uma experiência boa, é fundamental que você esteja relaxada e dificilmente isso acontecerá se você estiver fazendo a contra gosto.

DIÁLOGO: super legal se os dois querem experimentar essa nova forma de prazer, mas para a experiência ser boa não basta os dois quererem, é importante que vocês conversem sobre o assunto, só assim um poderá saber os limites do outro e vocês estarão à vontade para expressar seus medos e expectativas. Vocês dois precisam se sentir seguros para dizer “continua” ou “pare” sem nenhuma hesitação.

BUSCAR INFORMAÇÃO: quanto mais você souber sobre o assunto, mais confiante e tranquila você ficará. Entenda seu corpo e saiba do que você gosta, pesquise e esclareça todas as suas dúvidas.

ACESSÓRIOS: no mercado existem diversas opções para a prática do sexo anal, mas duas que achamos fundamentais são: os dessensibilizantes e o plugs. O dessensibilizante é um cosmético com a função de dessensibilizar a região anal na medida certa, ele remove o desconforto sem alterar o prazer. Existem dessensibilizantes com diferentes graus de intensidade e como cada pessoa tem um nível de sensibilidade diferente da outra, talvez você precise testar mais de um até achar o que é perfeito para você. Já os plugs são toys específicos para região anal, têm formato anatômico, são seguros e encontrados em vários tamanhos, assim você pode começar com algo menor que a glande de um pênis e ir explorando do que gosta, como gosta e se gosta.

HIGIENE: é normal ficar com medo que aconteça algum acidente fecal no processo, mas se você for no banheiro e esvaziar o intestino até umas 5 horas antes do ato dificilmente acontecerá um acidente. Mas se acontecer é super normal, uma boa prática é sempre ter um lencinho umedecido por perto. Lavar com água e sabão antes e depois da relação já é suficiente para uma higiene adequada. Uma opção caso você não consiga esvaziar o intestino é fazer a “chuca”, que é a expressão utilizada para se referir à introdução de água no interior do ânus para retirar os resíduos e estimular a evacuação. Existem kits específicos para isso no mercado.

PRESERVATIVO: Não importa se é com a pessoa que você conheceu nesse fim de semana ou se é seu companheiro de anos, o uso de preservativo no sexo anal é fundamental. Além de evitar DSTS, o preservativo vai evitar que as bactérias presentes no canal anal entrem em contato com a uretra e causem infecções. Pelo mesmo motivo sempre que forem alternar entre o sexo anal e o sexo vaginal é necessário trocar o preservativo.

PRELIMINARES: Para as coisas fluírem melhor você precisa estar relaxada e empolgada, sua libido é fundamental nessa hora e aí as preliminares ganham ainda mais destaque. Invistam em preliminares de tirar o fôlego e façam que cada célula do seu corpo queira mais.

LUBRIFICANTE: Como sabemos o ânus não tem nenhuma lubrificação natural, então invista em lubrificantes. É importante usar um lubrificante à base de água para não danificar o preservativo e a quantidade nunca é demais, use e abuse. O lubrificante permitirá que o pênis deslize mais facilmente proporcionando uma experiência muito mais prazerosa.

POSIÇÃO: A escolha da posição é muito importante para quem está começando, o ideal é que a mulher esteja em uma posição mais relaxada em que não tenha que fazer muita força e que consiga ter um maior controle sobre a velocidade e intensidade da penetração. Se a mulher ficar sentada sobre o parceiro ela acaba tendo que fazer mais força e consequentemente a musculatura do ânus fica mais contraída, dificultando a penetração. Se a mulher ficar na posição de quatro apoios (“cachorrinho”), o homem consegue penetrar uma parcela maior do pênis o que pode não ser o ideal no começo, causando desconforto e dor. O urologista e terapeuta sexual Celso Marzano, autor do livro “O Prazer Secreto”, recomenda para iniciantes a posição “de conchinha”, isso porque a quantidade do pênis penetrada é menor, a mulher fica em uma posição mais relaxada e é possível estimular o clitóris durante a penetração. Mas a melhor posição para você só testando algumas mesmo para saber.

ESTIMULAÇÃO CLITORIANA: Algumas mulheres têm orgasmos apenas com a penetração anal, mas em geral a maioria precisa do estímulo no clitóris durante a penetração para alcançar o orgasmo.

Esperamos que essas dicas possam lhe ajudar de alguma forma a ter uma experiência melhor e mais prazerosa!

Se você gostou do conteúdo é só deixar seu e-mail que sempre que tivermos novas dicas enviaremos para você!

Publicado em Deixe um comentário

6 dicas para inserir novidades na relação

Um embrulho de presente sobre a cama e a frase "6 dicas para inserir novidades na relação".

Para muitos casais falar sobre sexo não é tão simples e inserir alguma novidade na relação pode parecer meio complicado, seja porque a timidez impede ou por algum preconceito. Se esse é o seu caso, preparamos algumas dicas para que você possa de forma sutil começar a transformação que sua vida sexual merece!

💖 O SIMPLES PODE SER A SOLUÇÃO. As vezes fixamos metas muito difíceis que acabam nos impedindo de agir, não fantasie demais, gestos simples ou mudanças pequenas podem trazer grandes resultados.

💖 UM SABOR DIFERENTE NO SEXO ORAL. Aposte em lubrificantes e excitantes que além de exercerem suas funções também sejam beijáveis, são muitos os sabores disponíveis. Vocês irão se surpreender com o que um gostinho diferente pode provocar.

💖 COSMÉTICOS ESPECÍFICOS PARA ELES. Os dessensibilizantes e os retardantes são cosméticos com as funções de retardar a ejaculação e prolongar a ereção e são ótimos para dar de presente. Acredite, eles adoram quando tomamos a iniciativa.

💖 USE O LÚDICO A SEU FAVOR. Caso você ainda não se sinta confortável para falar diretamente com o seu parceiro sobre fazer algo diferente, os jogos sensuais podem ajudar. Existem vários tipos, dos mais leves e fofos aos mais ousados. É só escolher o que tem mais a ver com a experiência que você deseja ter.

💖 SUGESTÃO DE UM FILME. Se seu parceiro é mais tímido na hora de falar, você pode mandar uma mensagem dizendo que quer fazer algo especial e pedir uma sugestão de filme para você assistir e se inspirar. Assim ele pode mostrar para você os fetiches dele e na próxima você pode mostrar os seus.

💖 COMECE COM UM BULLET. Se você deseja inserir um vibrador na relação, uma boa opção é começar pelo Bullet, ele é menor e não lembra em nada um pênis, você evitará comparações e seu parceiro ficará mais à vontade. Depois que ele perceber o forte aliado que um vibro pode ser, você poderá até fazer coleção que ele vai dar o maior apoio.

Mas que fique claro que a ideia NÃO é evitar verbalizar o assunto e sim não deixar que timidez ou receios impeçam vocês de se resgatarem como casal. O objetivo é que com um pouco mais de tempo e com o retorno da intimidade, vocês consigam conversar abertamente sobre tudo que quiserem! 🥰

.

.

#queiramais #mulheresreais #prazerfeminino #autoconhecimentofeminino #produtossensuais #produtoseroticos #sexshopcuritiba #falandodesexo #comunicacaoentreocasal #amoresexo

Publicado em Deixe um comentário

Agora sou mãe, mas não deixei de ser mulher!

Mulher segurando bouquet de flores.

Gostaríamos de aproveitar que o tão esperado dia das mães está chegando para lembrar de uma coisa super importante: não é porque você se tornou mãe que você deixou de ser mulher, não é porque você tem outras prioridades que você deixou de ser uma prioridade.

Ser mãe é sim uma benção, mas também é o trabalho mais exaustivo que alguém pode ter. Os primeiros meses de uma criança consomem toda nossa energia e é natural que nossa dedicação seja toda voltada para o serzinho que acabou de chegar!

Mas os meses passam e as coisas vão se ajeitando, vamos nos encontrando e entendendo nossos novos papéis. Nos descobrimos como mães e como uma versão diferente de companheiras. E é nesse momento que precisamos prestar muita atenção para entendermos que mudamos como mulher também. Nosso corpo, nossos desejos, nossas prioridades mudam, mas ainda existem.

Mãe beija na boca, mãe namora, mãe pode gostar de se arrumar toda, mãe gosta e merece sentir prazer!

A energia que uma mulher usa para cuidar da casa, do trabalho e dos filhos é a mesma energia que ela usa para se conhecer e se descobrir.

Os braços capazes de acolher com ternura a criança que pede colo são os mesmos capazes de envolver em prazer o companheiro.

A boca capaz de dar um beijo doce de boa noite no filho é a mesma capaz de dar beijos apaixonados no companheiro.

A mãe que se derrete toda ao ganhar flores no dia das mães é a mesma mulher que gosta de ganhar flores no início de uma noite de paixão.

Você não precisa escolher entre o papel de mãe, o papel de esposa ou o papel de mulher, você é a soma de todos esses papéis, você é poderosa.

Queira ser tudo que você pode ser!

.

.

#queiramais #mulheresreais #prazerfeminino #autoconhecimentofeminino #produtossensuais #produtoseroticos #sexshopcuritiba #mãe #mae #maedemenina #maedemenino #maedeprimeiraviagem #maereal

Publicado em 1 comentário

7 dicas para falar sobre sexo com o parceiro

Um casal abraçado na cama com a frase "7 dicas para falar sobre sexo com o parceiro" escrita abaixo.

Estamos cansadas de ouvir que a comunicação entre o casal é o segredo para um relacionamento feliz, mas quem aqui realmente conversa sobre sexo com o companheiro? São tantos preconceitos e tantos medos que quando temos essa conversa é por causa de uma briga que aconteceu ou que ainda vai acontecer. E não pense que a falta de comunicação é um problema só na sua casa porque não é. Então separamos algumas dicas para tentar ajudar:

💖 VOCÊ É A RESPONSÁVEL PELO SEU PRAZER. Ficar reclamando que seu parceiro não te conhece não vai resolver nada. Afinal, quem tem que saber o que você gosta é você, e cabe a você mostrar para ele.

💖 TOME A DECISÃO. Não espere mais na esperança que um dia as coisas irão melhorar. Decida que agora é a melhor hora e tome uma postura ativa, comece você essa conversa.

💖DESARME-SE DOS ACHISMOS. Deixe de lado os pressupostos, pergunte e ouça. A opinião do seu parceiro pode ser bem diferente do que você pensava.

💖 ISOLE O ASSUNTO. Começar a falar de sexo no meio de uma discussão ou então começar a fazer acusações ou resgatar outras desavenças só vai tornar o assunto pesado e frustrante. Então não misture os assuntos.

💖 NÃO DESISTA. É provável que a primeira tentativa não dê os resultados que você esperava, mas o importante é não desistir. Tente quantas vezes for preciso, vai ficando mais fácil, vocês vão pegando o jeito e com o tempo vai fluir naturalmente.

💖 USE UM PRETEXTO. Se começar essa conversa está difícil, use uma cena de filme para dar a deixa, ou comece falando de algo que você “ouviu” e pergunte a opinião dele.

💖 USE UM JOGO. Se você ainda não se sente confortável em falar sobre coisas que você gosta ou que gostaria de tentar, uma boa opção são os jogos sensuais. Hoje vocês fazem o que os dados mandam e amanhã você ou ele podem perguntar se essa ou aquela posição foi melhor e olha só que legal, vocês começaram a conversar sobre o assunto!

.

É fácil falar que você não tem que sentir vergonha e falar abertamente sobre o assunto. Mas a verdade é que, para muitas de nós, não é tão simples assim, então comece do jeito que der, com os pretextos que precisar, mas comece!

.

#queiramais #mulheresreais #prazerfeminino #autoconhecimentofeminino #autoimagempositiva #produtossensuais #produtoseroticos #sexshopcuritiba #falandodesexo #comunicacaoentreocasal

Publicado em Deixe um comentário

Autoimagem: sua amiga ou sua inimiga?

mulher abrindo cortinas e a frase"autoimagem: sua amiga ou inimiga?".

Para falarmos da nossa própria imagem, uma pergunta é crucial: O que você sente quando se olha no espelho? Carinho, aceitação, vergonha ou decepção?

A autoimagem, de forma resumida, é a visão que temos de nós mesmas, incluindo nossa imagem corporal e o nosso eu idealizado. E como nos vemos pode impactar profundamente nossa vida, nossos relacionamentos e até mesmo nossa vida sexual.

Quando o assunto é aparência física, a maioria de nós tem suas inseguranças. Quem nunca pensou: gostaria de um bumbum maior? queria seios maiores/menores? não quero usar essa roupa porque minha barriga está grande?

Escutamos dos nossos parceiros “Eu te amo do jeito que você é!” e muitas de nós precisa lutar para acreditar e chegamos até a pensar “Será mesmo que ele ainda me ama agora que meu corpo mudou tanto?” Mas verdade seja dita:  ninguém liga tanto para essas “imperfeições” quanto nós mesmas.

Então que tal virarmos a página e fazermos as pazes com a nossa imagem e com o nosso corpo? Confira algumas dicas simples para essa reconciliação:

  • Busque o que você gosta no seu corpo, valorize isso, se amar é o melhor para se dar.
  • Entenda que nem tudo é o que parece! As mídias e redes sociais, na grande maioria das vezes, usam imagens modificadas para atingir a perfeição que não existe no mundo real.
  • Queira estar com pessoas positivas que lhe apoiem e valorizem, elas irão lhe ajudar a enxergar suas próprias qualidades.
  • Aceite suas diferenças e aprenda a dar valor àquilo que lhe torna única.
  • Acredite, o que para você é um defeito, para o outro pode ser uma grande qualidade.
  • Você não é apenas um corpo! Você é um ser complexo e sua personalidade é o que a torna especial!

É normal querermos ser melhores e não há nada de errado nisso, o que não é legal é essa busca abalar a nossa qualidade de vida. Se de alguma forma suas inseguranças estão se tornando um fator limitante em sua vida, procure ajuda especializada.

.

Que tal um desafio?

.

No final  do dia, tome um banho demorado, passe um creme, coloque aquela camisola linda e se olhe com carinho no espelho. Então diga a você mesma: Eu me amo e sou muito especial!

.

.

#queiramais #mulheresreais #prazerfeminino #autoconhecimentofeminino #autoimagem #autoimagempositiva #produtossensuais #produtoseroticos #sexshopcuritiba