Publicado em Deixe um comentário

5 dicas essenciais para reascender a chama no relacionamento!

Dicas para reacender a chama no relacionamento.

Manter a chama acesa em um relacionamento mais longo não é tarefa fácil. Então preparamos algumas dicas especiais para lhe ajudar a ter momentos de pura intimidade e prazer 😉.

Dica 1: SEPARE UM TEMPO SÓ PARA VOCÊS

Sabemos que os afazeres diários nos sugam e de uma forma ou de outra tomam nosso tempo e nos esgotam, mas faça desse momento a dois uma prioridade para vocês. Em relacionamentos longos ficamos tão acostumados com a presença um do outro que esquecemos o quanto isso é essencial para a relação.

Dica 2: INVISTA NOS DETALHES

Toquem-se! Que tal começar o dia com leves insinuações, dando aquele beijo surpresa no pescoço ou fazendo  uma massagem?

Provoque! Mande uma mensagem provocante para o seu parceiro e deixe claras as suas intenções.

O sexo bom começa nos detalhes!

Dica 3: NÃO ESPERE PELO CLIMA PERFEITO

Isso é coisa de novela!

Sejamos sinceras, não é sempre que rola aquele clima gostoso, que os filhos dormem cedo e podemos ter uma noite perfeita.

Então faça o clima de vocês! Não espere por uma iniciativa. Se você está a fim, tome a atitude você!

Dica 4: FANTASIE

Acha que não consegue? É só tentar!

Lembre-se do início do namoro de vocês e de todos os momentos picantes que tiveram! Manter uma mentalidade erótica é um excelente meio para manter viva a libido em alta.

Dica 5: SAIA DA ROTINA

Sempre que vocês fazem sexo você sente que é igual?

Então chegou a hora de usar a criatividade e lembrar de posições que não fazem sempre ou então sugerir locais diferentes.

Comece com algo simples, que tal um banho juntos?

Conversem sobre inserir um brinquedinho erótico na relação de vocês, existem várias opções para vocês sentirem muito prazer juntos.

Sexo é ótimo, mas é insuficiente quando falta toque, carinho, respeito e intimidade.

Conversem mais, apreciem a companhia um do outro, no momento de vocês deixem os problemas de lado e aproveitem.

Melhorar o relacionamento é a base para uma vida sexual prazerosa e feliz.

E se quiser experimentar algo novo, clique aqui e veja produtos pensados especialmente para a diversão do casal!

Publicado em Deixe um comentário

6 dicas para fazer um sexo oral incrível em seu parceiro!

6 dicas para fazer um sexo oral incrível em seu parceiro.

Primeiramente, vamos a pergunta principal: você gosta de fazer sexo oral? Parece besteira, mas para fazer um bom sexo oral, você precisa gostar… quanto mais você gostar, melhor será. Então, nada de topar fazer se você não curte, ok? O sexo oral não é somente feito com a boca, é um conjunto que pode utilizar boca, lábios, língua, mãos e o olhar. Pode parecer estranho, mas sim o olhar, se você estiver mesmo a fim de fazer, se você estiver curtindo e se excitando com tudo isso, irá transparecer.

A DICA NÚMERO 1 é: olhe para o seu parceiro enquanto está começando a brincadeira, um olhar de desejo pode ser tão prazeroso quanto a própria boca. Não chegue já literalmente caindo de boca! Gere expectativa, brinque com o corpo do pênis, com a glande, dê beijinhos e leves lambidas antes de começar.

A DICA 2 é: escolha uma posição adequada para não se machucar e não machucar seu parceiro, ninguém merece aquela cotovelada nas pernas ou um torcicolo. As posições ajoelhada com o homem de pé, os dois na cama e você apoiada com as mãos sobre a virilha dele ou então com seus joelhos apoiados no chão e suas mãos apoiadas na cama com o parceiro sentado são ótimas opções.

DICA 3: Sexo oral e dentes não combinam, então tenha cuidado para não machucar seu parceiro com os seus dentes ou com o aparelho dental caso você use, lembre-se que o pênis é muito sensível.

DICA 4: Use as mãos em conjunto com a boca,  são duas pressões diferentes e isso tende a intensificar o prazer. Que tal enquanto descansa a sua boca, aproveitar que o pênis está lubrificado com a sua saliva e fazer movimentos de “espremer laranja” na glande do pênis?

DICA 5: De um plus usando géis beijáveis ou vibradores líquidos. Esqueça as balas estilo Halls ou leite condensado. Hoje existem diversos produtos que podem trazer novas sensações e sabores para o momento de vocês, além disso aumentam a produção de saliva, deixando tudo ainda mais gostoso!

DICA 6: Explore toda a região, não se prenda apenas ao pênis, você pode brincar com o escroto, virilha, interno de coxas… Aproveite para fazer carinho com as mãos, dê beijos e lambidas, tudo com muita delicadeza.

DICAS PARA O PARCEIRO: esteja com a higiene íntima em dia, ok? Banho tomado, partes íntimas em dia e pelos aparados, nós não merecemos nos dedicar tanto e na hora H nos frustrarmos com coisas tão básicas como estas. Converse e entre em acordo quanto a gozar ou não na boca de sua parceira e nunca, em hipótese alguma force a cabeça dela de forma bruta contra seu pênis para realizar o fetiche da garganta profunda. Infelizmente muitos homens criados na cultura do pornô acabam forçando a barra, não seja um desses idiotas, ok? As vezes podem ser situações como essas que fazem com que sua parceira não queira fazer sexo oral em você!

Clique aqui para conferir excelentes opções de produtos beijáveis!

Publicado em Deixe um comentário

Anel Peniano! O que é e como funciona?

foto de um anel peniano com vibro e a frase "anel peniano, oque é e como funciona".

O anel peniano é um dos produtos mais vendidos em sex shops do mundo todo, ganhando o status de queridinho dos casais, isso porque ele tem uma função muito nobre que é prolongar a ereção e retardar a ejaculação masculina.

Trata-se de um anel que deve ser colocado na base do pênis, exercendo uma certa pressão ao redor do mesmo, restringindo a saída de sangue do corpo peniano. Com isso, o homem pode ter uma ereção mais consistente e mantê-la por um período mais longo.

O anel peniano conta com diversos modelos, vejamos alguns desses modelos:

TRADICIONAL: é o modelo básico, com a função de prolongar a ereção e o prazer.

COM CÁPSULA VIBRATÓRIA: além de prolongar a ereção masculina, vem com uma cápsula vibratória acoplada que tem a função de estimular o clitóris ou o períneo da mulher dependendo da posição em que a cápsula é posicionada.

COM ESTIMULADOR: tem uma espécie de haste acoplada com a função de estimular a região do períneo.

COMPANHEIRO: vem com uma prótese acoplada para realizar a penetração dupla.

Com relação ao material, os anéis penianos podem ser de materiais mais flexíveis como o silicone por exemplo, de couro e até mesmo de metal. Contudo, os anéis de couro ou metal exigem um cuidado maior na hora do uso e são mais comuns entre os praticantes de BDSM.

Dicas para o uso dos anéis penianos:

DICA 1: No caso dos anéis feitos de materiais flexíveis como o silicone, o anel deve ser colocado com o pênis já ereto.

DICA 2: Abuse do lubrificante na hora de colocar o anel peniano, assim o conforto é maior e você evita lesões.

DICA 3: Se ao colocar o anel peniano o homem sentir alguma dor, o anel deve ser removido imediatamente.

Dica 4: Não usar o produto por mais de 30 minutos.

DICA 5: O anel peniano só deve ser utilizado na base do pênis, nunca na glande ou no meio do órgão.

DICA 6: O anel peniano deve ser higienizado antes e depois de cada uso. Por ser um acessório voltado para o prazer do casal e em geral ser super bem aceito pelos homens, o anel peniano pode lhe ajudar a ter uma experiência muito prazerosa e aumentar ainda mais a temperatura do quarto.

Bem legal não é? Não perca mais tempo e clique aqui para escolher o seu!

Publicado em Deixe um comentário

O que é o Bullet e como ele pode revolucionar sua vida sexual

O Bullet, ou cápsula vibratória, é um vibrador compacto, discreto e poderoso, especificamente desenvolvido para a estimulação clitoriana, ou seja, não é um toy para penetração.

Mas muito mais que um toy para estimular seu clitóris, o Bullet é um verdadeiro aliado na busca do autoconhecimento, é um toy perfeito para você explorar seu corpo e descobrir suas zonas erógenas, sendo o mais indicado para ser seu primeiro vibrador. Também é uma excelente opção para aumentar a conexão entre o casal, permitindo várias brincadeiras a dois e oferecendo inúmeras oportunidades para que o casal aprenda mais sobre o corpo um do outro.

Para que você entenda o quão maravilhoso o bullet é, vamos citar duas das inúmeras vantagens desse toy e dar três dicas criativas de como usá-lo:

DISCRETO: o Bullet é pequeno, tem um formato super simpático e inocente e é bem silencioso. Você pode deixá-lo na bolsa ou na gaveta que não vão nem notar!

MELHOR ACEITO PELOS HOMENS: se você deseja introduzir um toy na relação, mas tem algum receio da reação do seu parceiro, o Bullet é o toy perfeito para isso. Por ser pequeno e não ter a menor semelhança com um pênis, os homens em geral não o veem como concorrente e aceitam melhor a novidade.

DICA DE USO 1: massagem sensual. Passe um gel com um aroma provocante pelo corpo do seu parceiro e então deslize o Bullet de forma bem suave pelo corpo dele, sensibilizando a pele e despertando a imaginação.

DICA DE USO 2: estímulo dos seios. Peça para o seu parceiro deslizar o Bullet em movimentos circulares envolta dos seus mamilos, sensibilizando e excitando toda a região. E se quiser subir ainda mais o nível, é só passar um gel beijável nos seios e deixar que seu parceiro alterne entre o Bullet, lambidas e até mesmo algumas mordiscadas.

DICA DE USO 3: preliminar para o sexo anal. Passe um gel excitante específico para o sexo anal e então utilize o Bullet para massagear toda essa região, provocando uma mistura de excitação e relaxamento.

Existem diversos modelos de Bullets, com ou sem fio, com tamanhos diferentes, com formato de cápsula, com formato de batom, com formato de bichinhos. Mas toda essa variedade é apenas uma questão de gosto, independente de qual você escolher, você não se arrependerá. Agora você entendeu por que o Bullet é um dos toys mais queridos e comprados no mundo?!

Que tal conhecer nossos modelos de Bullets e descobrir por qual você vai se apaixonar? Clique aqui e confira!

Publicado em Deixe um comentário

Bolinhas explosivas, o que são e quais os tipos!

O que são bolinhas explosivas e quais os tipos.

Um completo sucesso entre as mulheres, a bolinha explosiva, também conhecida como bolinha erótica ou bolinha do prazer, é uma cápsula formada por uma fina película gelatinosa e contém em seu interior um óleo que pode apresentar diferentes funções e sensações. Esta película gelatinosa da bolinha pode se romper por pressão, umidade ou aumento da temperatura.

Atualmente existem três tipos de bolinhas explosivas: as funcionais, as perfumadas e as beijáveis. As bolinhas funcionais são aquelas que provocam sensações como esquentar, esfriar, vibrar, pulsar e dessensibilizar por exemplo, sendo que a intensidade das sensações sentidas varia conforme a sensibilidade de cada pessoa. As bolinhas beijáveis são feitas com óleo vegetal comestível e dissolvem facilmente com o calor e a umidade do corpo, sendo uma ótima opção para as preliminares. Já as bolinhas perfumadas possuem diversas fragrâncias e são as indicadas para uma massagem sensual.

Se você ainda não conhece as bolinhas explosivas, vale à pena experimentar, além de serem muito práticas de usar, existe uma enorme variedade de opções e possuem um preço muito acessível. Mas fique atenta a essas duas dicas importantes:

DICA 1: Você precisa ficar atenta à embalagem porque segundo a recomendação oficial e o rótulo da maioria das bolinhas disponíveis no mercado, elas são de uso externo, contudo algumas marcas possuem bolinhas que podem ser introduzidas.

DICA 2: Não é recomendado o uso dessas bolinhas com preservativos, uma vez que o óleo presente no interior dessas bolinhas pode danificar o látex e comprometer a eficácia do preservativo.

Preparada para experimentar uma verdadeira explosão de prazer? Clique aqui e veja as diversas opções de bolinhas explosivas que temos para você!

Publicado em Deixe um comentário

BDSM

BDSM

BDSM é um acrônimo que mistura as iniciais de práticas eróticas: BD = Bondage e Disciplina; DS = Dominação e Submissão; SM = Sadismo e Masoquismo. Embora o BDSM ainda seja visto por alguns como um ato violento e abusivo, as regras que o norteiam foram criadas justamente para evitar relacionamentos abusivos. Assim o BDSM é um conjunto de práticas eróticas fundamentado em respeito, confiança, consentimento e na busca do prazer mútuo.

O SSC ( São, Seguro e Consensual) é o fundamento do BDSM. SÃO: os praticantes não devem estar sob influência de álcool ou drogas. SEGURO: toda atividade deve ser segura, tanto fisicamente quanto psicologicamente, é neste contexto que existe a palavra de segurança que deve ser dita caso algum limite seja ultrapassado ou haja algum desconforto. CONSENSUAL: todas as partes precisam estar de acordo com o que está acontecendo, definindo previamente os limites de cada um. Agora vamos ver o que significa cada termo do BDSM:

BONDAGE refere-se à prática de restringir os movimentos ou sentidos de alguém usando por exemplo algemas, amarras ou venda. DISCIPLINA refere-se ao cumprimento pelo submisso das regras e normas estabelecidas pelo dominador, em que castigos podem ser aplicados quando as regras são violadas.

DOMINAÇÂO e SUBMISSÃO referem-se aos papéis dos participantes, existe alguém que domina (dominador) e alguém dominado (submisso). Trata-se de um conjunto de comportamentos e rituais que envolvem a submissão de uma pessoa à outra em um contexto erótico.

SADISMO refere-se ao prazer sentido ao estimular ou ver o sofrimento do parceiro. MASOQUISMO refere-se ao prazer sentido ao ser ferido ou humilhado dentro deste cenário consensual.

Se você deseja tornar-se uma praticante do BDSM, é preciso estudar bastante, afinal, é uma prática bastante complexa e repleta de protocolos que devem ser seguidos visando o bem estar dos envolvidos. Mas mesmo não sendo uma praticante, você pode aproveitar muito algumas práticas do BDSM, algemando ou sendo algemada, dando umas mordidinhas ou levando uns puxões de cabelo. Lembre-se que quando você e seu parceiro estão de acordo e curtindo juntos, não existe certo ou errado, muito menos julgamentos.

Julgue menos e aproveite mais! Clique aqui e encontre acessórios incríveis!

Publicado em Deixe um comentário

Você sabe o que é e para que serve o adstringente íntimo?

O que é e para que serve o adstringente íntimo?

O adstringente vaginal é um cosmético que tem como função retrair o tecido muscular e diminuir a umidade natural da mucosa vaginal, promovendo uma SENSAÇÃO de estreitamento da entrada da vagina e do canal vaginal, fazendo com que a mulher e o homem sintam um atrito maior durante a penetração. O fetiche pela SENSAÇÃO de se sentir virgem novamente faz deste produto um dos queridinhos do mercado de cosméticos sensuais.

3 fatos importantes que você precisa saber sobre os adstringentes íntimos:

1 – Como o adstringente diminui a umidade natural da mucosa vaginal, este tipo de cosmético não é indicado para mulheres que estejam com dificuldades de lubrificação.

2 – Este produto é indicado para aumentar o prazer sentido pelo casal e não apenas pelo homem, e para isto é importante que a penetração inicial seja mais suave. Lembre-se que a entrada da vagina estará mais contraída e uma penetração muito brusca poderá causar desconforto.

3 – A SENSAÇÃO de virgindade que este tipo de produto promete se refere à retração da musculatura, fazendo com que a entrada da vagina pareça mais “apertadinha”. É apenas uma SENSAÇÃO ok? Ninguém vai ficar virgem novamente!

Que tal conhecer nossas opções de adstringentes? Clique aqui e aproveite!

Publicado em Deixe um comentário

A origem dos vibradores

Fotos de modelos antigos de vibradores.

Hoje ele é um símbolo da liberdade, do autoconhecimento e do prazer em se sentir, mas o que você pode não saber é que ele foi criado como um equipamento médico, evoluiu, foi reinventado e hoje já é um produto com mais de 150 anos de história. Vem com a gente que nesse texto iremos te contar a história por trás dos vibradores.

A maior parte das informações que temos hoje diz que os vibradores foram criados para tratar uma doença crônica chamada de “histeria feminina” causada por “perturbações” uterinas. Os sintomas desta doença variavam de dores de cabeça, cólicas, melancolias, ansiedades, ninfomania e até ataques de raiva. O tratamento na época eram massagens nas partes intimas das pacientes, feitas manualmente por seus médicos. Essas massagens que poderiam durar minutos ou horas levavam as mulheres a alcançarem o chamado paroxismo histérico, que causava uma espécie de febre, contrações e lubrificação intima (orgasmo). Este tratamento era temporário o que gerava a volta recorrente das mulheres ao consultório, gerando rotinas exaustivas para os médicos.

Em 1869 um médico americano chamado George Taylor patenteou um aparelho chamado “The Manipulator” que pode ser considerado o primeiro vibrador (consistia em uma cama acolchoada onde podia-se encaixar a pélvis e uma máquina a vapor fazia vibrações sob os genitais). O aparelho se popularizou e em 1880 um outro médico, chamado Joseph Mortimer Granville, inventou o vibrador movido a manivela. Temos que ressaltar que neste período os vibradores eram um equipamento médico e usados apenas em consultórios. Com a crescente evolução do aparelho, em 1902 foi lançado o primeiro vibrador elétrico. Sem conotação sexual  durante muitos anos ele foi vendido como um simples massageador muscular e donas de casa recatadas o compravam em revistas femininas sob promessas do tipo “Todo o prazer da juventude dentro de você”. Os vibradores eram considerados eletrodomésticos e logo se tornaram um dos itens mais populares nas casas de família.

Mas em meados de 1930 o aparelho começou a aparecer em filmes eróticos para a estimulação feminina, levando ao conhecimento de todos o “uso obsceno” do aparelho, então ele caiu em desuso e com isso perdeu sua finalidade terapêutica, desaparecendo dos catálogos e das casas das “famílias de bem”.

Depois disso os vibradores ficaram escondidos até meados de 1960, mas com a revolução sexual e o surgimento da pílula anticoncepcional  foi levantada a bandeira da sexualidade feminina e a masturbação veio como um conceito de libertação, com isso os vibradores voltaram reinventados.

Na década de 70 o Magic Wand (popular Varinha Mágica) começa a ser recomendado por educadoras sexuais, passando assim a ser o vibrador mais popular e conhecido de todos os tempos. Nas décadas de 80 e 90 os vibradores começaram a ser comercializados em formas de golfinhos, castores, tartarugas para driblarem as leis de obscenidades. Foi em 1998 que o vibrador “Rabbit” (coelho) ganhou o status de queridinho após a aparição no seriado Sex in The City.

De lá pra cá a indústria se modernizou e hoje temos vibradores de diversas formas, materiais, cores, texturas e funções. Mas não podemos deixar de dizer que mesmo em 2020 para muitas mulheres comprar um vibrador é um TABU. Infelizmente a masturbação feminina ainda pode ser vista por alguns como sendo imoral, gerando culpa e desconforto em  muitas mulheres. Nós podemos e devemos ser responsáveis pelo nosso prazer e o autoconhecimento sexual é uma fonte inesgotável de possibilidades.

Bem, agora que você já conhece um pouco mais das origens desse toy que tanto amamos, que tal dar uma olhadinha nas versões super modernas que temos? Clique aqui para ver nossos vibradores!

Publicado em Deixe um comentário

Você sabe a diferença entre gozar, ejacular e ter um orgasmo?

No que diz respeito ao corpo feminino:

GOZAR é quando sentimos prazer durante a experiência sexual, ou seja, gozar se refere à uma perspectiva mais ampla da palavra prazer, podemos sentir prazer na relação sem necessariamente termos um orgasmo.

EJACULAR é quando nossas glândulas parauretrais (que ficam entre a vagina e a uretra) liberam uma enzima esbranquiçada ou transparente que auxilia na lubrificação e no resfriamento do nosso sistema fisiológico. A ejaculação pode ser prazerosa, mas não é sinônimo de orgasmo, nós podemos ejacular sem ter um orgasmo.

ORGASMO é quando sentimos um misto de sensações prazerosas que acontecem através da excitação genital, é quando passamos por um pico de prazer e em seguida por uma sensação de relaxamento.

Agora que você já sabe a diferença entre esses três processos fisiológicos, é importante você entender que se trata apenas de processos fisiológicos e não de metas a serem batidas. Ter um orgasmo é maravilhoso, mas gozar sem ter um orgasmo também pode ser muito bom, ejacular é ótimo, mas se tiver um orgasmo sem ejacular não tem problema. São processos fisiológicos que fazem parte do que somos. E como cada mulher é única, cada uma de nós passa por esses processos à sua maneira. Não existe uma forma melhor de gozar, nem uma quantidade certa para ejacular e tão pouco um orgasmo melhor que o outro. O que importa é você estar feliz e satisfeita com sua vida sexual!

Precisamos esquecer a ideia performática de sexualidade transmitida pelos filmes pornôs. Aquelas atrizes jorrando líquido, em sua maioria não estão ejaculando de verdade, são apenas bolinhas de água sendo estouradas na vagina, aqueles gritos intensos de prazer em geral não são orgasmos reais, são atuações que elas precisam fazer porque é o trabalho delas.

A mensagem que queremos passar é que a forma como você sente prazer é única e o importante é você estar satisfeita e não se deixar levar por comparações irreais.

E se você quiser experimentar alguns produtos especialmente desenvolvidos para o orgasmo feminino, não deixe de clicar aqui e conferir nossos potencializadores de orgasmos!

Publicado em Deixe um comentário

6 dicas para fazer um sexo oral incrível em sua mulher

6 dicas para fazer um sexo oral incrível na sua parceira.

A maioria das mulheres adora receber sexo oral e quando bem feito ele pode ser a estrela da noite! Então separamos 6 dicas para ajudar você a levar sua parceira à loucura:

CONVERSE: pergunte para sua parceira do que ela gosta, ao demonstrar seu interesse pelo prazer dela com certeza você já ganhará uns pontinhos e isso dará abertura para ela lhe dizer do que gosta. Nós, mulheres, consideramos isso muito importante, pois somos diferentes e a intensidade que para algumas é boa, para outras pode incomodar.

SEM PRESSA: cada mulher tem seu tempo, então algumas podem precisar de um pouco mais de tempo para chegar ao clímax. Aproveite para conhecer melhor sua parceira e explorar a região. Ir direto ao clitóris pode não ser a melhor opção, para muitas mulheres é necessário criar um clima para aumentar a excitação.

USE TODA A BOCA: não use apenas a língua, você tem seus lábios e pode por exemplo fazer sucção com a sua boca. Entenda que o que você vê em vídeos pornôs não corresponde à realidade, os atores utilizam só a língua para que a imagem do vídeo fique boa e é o trabalho daquelas atrizes fingirem que estão enlouquecendo de prazer.

CONTE COM A AJUDA DOS DEDOS: turbine essa experiência usando seus dedos também, você pode pressionar levemente o períneo ou introduzir o dedo no canal vaginal. Aproveite que a região íntima feminina é cheia de terminações nervosas e é um prato cheio quando falamos de prazer.

IMPORTE-SE: não ache que o sexo oral é uma simples preliminar, trate-o como a estrela da noite e não apenas como uma forma de excitar e lubrificar sua parceira. Então nada de pensar que é algo rápido necessário para passar para a próxima fase e ter o seu momento de prazer.

INOVE: quer oferecer ainda mais prazer à sua parceira? Saiba que existem cosméticos sensoriais como os géis beijáveis que além de dar um gostinho a mais na relação podem oferecer sensações incríveis como refrescar ou esquentar a região.

Agora é só por em prática essas dicas e proporcionar à sua parceira uma noite inesquecível!

Se tiver mais alguma dica bacana compartilha com a gente colocando nos comentários!

Não esqueça de conferir nossas opções de produtos beijáveis para tornar o momento ainda mais ardente, é só clicar aqui!

Se você gostou do conteúdo é só deixar seu e-mail que sempre que tivermos novas dicas enviaremos para você!